Bancos Indígenas do Brasil

Pavilhão Japonês do Ibirapuera apresenta a exposição Bancos Indígenas do Brasil, até 5 de Agosto

Bancos Indígenas
O Pavilhão Japonês, construção localizada no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e inspirada no Palácio Katsura, de Kioto, recebe a exposição Bancos Indígenas do Brasil, que apresenta cerca de 70 peças da coleção BEI.

Os bancos foram produzidos por povos de várias regiões do alto e baixo Xingu, sul da Amazônia, Centro-Oeste, norte do Pará, Guianas e noroeste amazônico. No fim de junho, outra seleção de bancos da coleção seguirá para Tóquio, onde ocupará o Museu Teien, construção do começo do século XX que reflete a influência da arquitetura ocidental em território japonês. Dessa maneira, pretende-se apresentar e homenagear as relações entre as duas culturas no momento em que se comemoram os 110 anos da chegada dos primeiros imigrantes japoneses ao país.
>>>Leia+Mais

Studio Pharus no Venice Design 2018

Studio Pharus, de Marcio Mota e Cris Inoue, representará a América Latina no Venice Design 2018, que integra Bienal de Veneza. Dupla de criativos apresenta o experimento “Weightless Architecture”

O Studio Pharus, sediado em São Paulo, representará a América Latina na Venice Design 2018, que integra a Bienal de Arquitetura de Veneza, a ser realizada entre 26 de maio e 25 de novembro. A dupla de criativos Marcio Mota e Cris Inoue, à frente do escritório, levará ao maior evento de design e arquitetura do mundo a instalação interativa “Weightless Architecture” – uma provocação sobre o diálogo entre o corpo e o espaço na arquitetura a partir de um experimento com o ar.
>>>Leia+Mais

Bancos Indígenas do Brasil

Pavilhão Japonês do Ibirapuera recebe a exposição Bancos Indígenas do Brasil. Com entrada gratuita, exposição marca os 110 anos da imigração japonesa no Brasil; abertura é dia 9 de junho

BEI

No dia 9 de junho, o Pavilhão Japonês, construção localizada no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e inspirada no Palácio Katsura, de Kioto, recebe a exposição Bancos Indígenas do Brasil, que apresenta cerca de 70 peças da coleção BEI. Os bancos foram produzidos por povos de várias regiões do alto e baixo Xingu, sul da Amazônia, Centro-Oeste, norte do Pará, Guianas e noroeste amazônico. No fim de junho, outra seleção de bancos da coleção seguirá para Tóquio, onde ocupará o Museu Teien, construção do começo do século XX que reflete a influência da arquitetura ocidental em território japonês. Dessa maneira, pretende-se apresentar e homenagear as relações entre as duas culturas no momento em que se comemoram os 110 anos da chegada dos primeiros imigrantes japoneses ao país.

A mostra, cuja expografia ficou a cargo da designer Claudia Moreira Salles e do arquiteto Eiji Hayakawa, revela a sofisticação e a importância cultural dos bancos: alguns são zoomórficos, representando animais da fauna brasileira; outros são assentos mais convencionais, lixados com esmero, pintados com pigmentos naturais, decorados com grafismos ou entalhes. Em todos, os aspectos utilitários e decorativos conciliam-se à dimensão simbólica, de forma de que as peças espelham o universo cultural, os mitos e a cosmologia das etnias que as fabricam.
>>>Leia+Mais

Breton com Terinn em Milão

Breton estreia no mais importante evento do design mundial na Mostra Brazil S/A OFF em Milão, onde será lançada a mesa Leaf, assinada pela dupla Marcos Maia e Gilmar Mazari, do Terinn Design

Terinn

Mesa de centro Leaf – Terinn Design

Neste mês, a Breton estará em Milão pela primeira vez, e será uma das expositoras na mostra Brazil S/A Off, que vai reunir uma coletânea de peças icônicas de grandes nomes do design nacional. A iniciativa é uma parceria com o Brazil S/A, espaço de inovação e design que promove o relacionamento entre empresas e profissionais brasileiros com o mercado nacional e internacional. >>>Leia+Mais

Tora Brasil no iSaloni

A coleção assinada por Oswaldo Mellone será a primeira da marca a ser lançada fora do Brasil. A Tora Brasil também estará no Fuorisalone na exposição “O Sentar Brasileiro”

Oswaldo Mellone

Poltrona Willy de Oswaldo Mellone

A Tora Brasil, empresa brasileira de móveis de madeira maciça certificada pelo FSC®, pela primeira vez terá estande próprio dentro do Salão Internacional do Móvel de Milão (ISaloni), entre os dias 17 e 22 de abril. Para a estreia no mais importante evento do design mundial, a marca fará o lançamento da coleção assinada pelo designer Oswaldo Mellone.

“Será a primeira vez que faremos a première de uma coleção no exterior, antes mesmo de apresenta-la aqui no Brasil. Estreamos em grande estilo em Milão com o trabalho primoroso de Mellone, designer brasileiro premiado e reverenciado”, afirma Cristiano Valle, proprietário da Tora Brasil. >>>Leia+Mais

Leo Romano na SP-Arte 2018

O arquiteto e designer Leo Romano foi convidado pelo evento para apresentar seu mobiliário assinado no espaço Projeto de Arquitetos

Leo Romano

Com sua efervescência cultural, a cidade de São Paulo recebe, entre os dias 11 a 15 de abril, a SP-Arte 2018, Festival Internacional de Arte de São Paulo que apresenta nomes expoentes das artes plásticas e do design nacional. De Goiânia, o arquiteto e designer Leo Romano foi um dos seis arquitetos convidados pelo evento para expor suas peças de mobiliário dentro do espaço Projeto de Arquitetos. >>>Leia+Mais